segunda-feira, 25 de julho de 2011

VIDEOS E CURIOSIDADES DA CIDADE!

Toda a cidade de Curitiba é uma obra de arte ao ar livre!

http://www.youtube.com/watch?v=5wxbCQ6CIac






A rua VX de novembro é um charme a mais na cidade, o bondinho é a referencia para muitos encontros todos os dias.


Estacionado na Rua 15 de Novembro esquina com a Rua Ébano Pereira, o bondinho foi inaugurado em 27 de outubro de 1973 e seu objetivo inicial era fornecer recreação para as crianças, através de atividades pedagógicas e artísticas, enquanto seus pais se ocupavam em fazer compras nas lojas do calçadão.
Entre os anos de 1986 a 1989, o local transformou-se em ponto de informações turísticas, mas a partir de 14 de outubro de 1989 (numa grandiosa festa em homenagem ao Dia da Criança) voltou a oferecer os seus serviços originais (atender as crianças).
No período de um ano e meio, entre 2004 e 2005, o bondinho esteve desativado e logo após a prefeitura, em parceria com o banco HSBC, fez uma ampla reforma para que o mesmo passasse e efetuar serviços de atividades culturais e, novamente, de recreação, porém, em 2008 os serviços foram suspensos e novamente o Bondinho fechou as portas para os seus “passageiros”.
Em novembro de 2010, após uma longa reforma, o bondinho da Rua XV reabriu suas portas ao público curitibano. Sob a responsabilidade da Fundação Cultural de Curitiba, a famosa atração foi denominada de Bondinho da Leitura, oferecendo uma mini-biblioteca aos transeunte da Rua das Flores.
O Bondinho da XV oferece aos curitibanos e turistas uma ótima oportunidade de recordação do calçadão, pois são muitas as fotos tiradas ao seu redor, principalmente do final do ano, quando ocorrem os espetáculos natalinos do Palácio Avenida.












O Largo da Ordem

O Largo da Ordem é o coração do Setor Histórico de Curitiba e onde se encontra a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco das Chagas, a mais antiga de Curitiba. Nos séculos 18, 19 e boa parte do século 20, o Largo da Ordem era uma área de intenso comércio.
Desde 1917 o nome oficial é Largo Coronel Enéas, em homenagem ao coronel Benedito Enéas de Paula. No século 18 chamava-se Páteo de Nossa Senhora do Terço. Posteriormente, passou a se chamar Páteo de São Francisco das Chagas. Hoje, apesar de seu nome oficial, todos conhecem como o Largo da Ordem.




Bares do Largo da Ordem

Escolha o que mais combina com você

O Largo da Ordem é um dos espaços mais conhecidos de Curitiba, seja pela feirinha de domingo, pelas construções históricas, ou pelos bares que são um ponto de encontro tradicional da cidade. Não importa muito o seu estilo, há um bar no Largo que é a sua cara.

Não dá para falar do Largo da Ordem sem citar o tradicional Schwarzwald, aberto em 1979, mais conhecido como Bar do Alemão. O cardápio é composto por pratos tradicionais da culinária alemã – como o eisbein (joelho de porco) -, petiscos – como a carne de onça -, além de vários tipos de bebidas e chopes. A marca da casa é o Submarino, um caneco de chope de 500 ml com uma dose de Steinhäger, que vem dentro de uma canequinha de porcelana colecionável.

O Restaurante Sal Grosso fica ao lado do Bar do Alemão, e também é um dos mais tradicionais do Largo. Com mesinhas na calçada, o bar é muito disputado aos domingos, durante a feirinha. O destaque da casa é a alcatra na tábua, servida com arroz, alface, tomate e maionese.

O Tuba´s reúne em geral os apreciadores de rock´n´roll que frequentam o Largo da Ordem (e que muitas vezes dão uma passada por lá antes de seguir para o Hangar). Com música ambiente e exibição de DVDs de shows de rock, o bar conquistou seus clientes pelo estilo musical e também pela cerveja gelada e porções de petiscos.

O Fire Fox conta com salão, mezanino e mesas que ficam na área externa, na calçada. Nas TVs, há exibição de DVDs de shows de pop e rock, e também de jogos de futebol. O cardápio conta com petiscos, lanches e pratos especiais, além de comidas exóticas como carne de avestruz e jacaré.

O Saccy é considerado um bar tão tradicional de MPB do Largo da Ordem, que até inspirou o nome do grupo pré-carnavalesco que faz a festa no centro histórico: Garibaldis & Sacis. O bar conta com música ao vivo, e mesas na calçada, ideais para as noites mais quentes.

O The Farm apresenta música ao vivo em estilos variados, e traz uma decoração rústica, com tema de fazenda. A ideia inicial era abrir uma pizzaria no local, mas vendo que o ponto ficava numa área mais boêmia, foi decidido que seria um bar. De qualquer forma, a pizza seguiu no cardápio, que conta também com porções e pratos, como o filé a parmegiana e o strogonoff de mignon.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário